O que é diabetes gestacional? (Causas + Tratamento)

Conheça as causas, os sintomas e o tratamento da diabetes gestacional e proteja sua saúde e a do seu bebê!

Afinal o que é diabetes gestacional?

O que é diabetes gestacional?
O que é diabetes gestacional? Causas e Tratamento

A diabetes gestacional é o desenvolvimento de um quadro de hiperglicemia (excesso de glicose no sangue) durante a gestação. Normalmente, ocorre por volta do terceiro trimestre e pode ser considerada uma situação de gravidez de alto risco, pois pode provocar desde o aumento exagerado no tamanho do bebê até partos prematuros, diabetes na adolescência, eclâmpsia e morte materno-fetal. Porém, quando diagnosticada e tratada a tempo, pode ser controlada e o risco de danos à saúde da mãe e do filho diminui.

Entre 4% e 7% das gestantes apresentam diabetes gestacional, que normalmente é curada sozinha logo após o parto. No entanto, o risco de desenvolver diabetes tipo 2 aumenta de 20% a 40%, assim como as chances de ter diabetes gestacional na próxima gravidez. Portanto, é necessário manter o acompanhamento médico e cuidar da saúde mesmo após o bebê nascer.

Causas da diabetes gestacional

Durante a gravidez, acontecem muitas mudanças hormonais e no metabolismo do corpo da mulher. Uma delas é a alta produção de hormônios pela placenta, que acabam atrapalhando a ação da insulina. Na maioria das gestantes, o próprio metabolismo consegue compensar o problema. Porém, quando a mãe apresenta predisposição ou está no grupo de risco de diabetes mellitus, surge a doença.

Alguns dos fatores de risco para diabetes gestacional são: histórico de diabetes na família, obesidade, ganho excessivo de peso antes ou durante a gravidez, mais de 25 anos de idade, gestações anteriores com bebê natimorto ou nascido com mais de 4kg, diminuição da tolerância à glicose e glicemia de jejum alterada.

Mulheres negras, indígenas, asiáticas ou de origem hispânica também apresentam maior risco de diabetes gestacional.

Sintomas de diabetes gestacional

Na maioria das vezes, não há sintomas aparentes. Por isso, é essencial que toda gestante faça exames de glicemia periódicos durante toda a gravidez, principalmente entre a 24ª e a 28ª semana.

Às vezes, surgem alguns sintomas como fome ou sede exagerada, visão turva, aumento exagerado de peso na mãe e no bebê, aumento da vontade de urinar, inchaço nas pernas e pés, candidíase, cistite ou cansaço exagerado.

Ao perceber esses sintomas, é importante informar o médico e fazer os exames necessários. Caso o exame de glicemia de jejum ultrapasse 85mg/dl, é bem provável que exista diabetes gestacional.

Tratamento diabetes gestacional

O tratamento combina uma dieta especial com exercícios físicos de intensidade moderada. Indica-se o consumo de alimentos com baixo índice glicêmico, aumentar a ingestão de fibras e reduzir açúcar e carboidratos, além de cortar frituras, doces e alimentos industrializados.

O acompanhamento de um nutricionista é altamente indicado: a dieta deve ser restritiva, porém se for inferior a 1.200kcal/dia pode atrapalhar no desenvolvimento do bebê.

O tratamento com insulina só é indicado nos casos graves ou quando a alimentação se mostra insuficiente para o controle da glicemia.



Sobre Aprenda a Controlar os Diabetes

Olá! Bem-vindo ao site Controlar os Diabetes, tenho estudado esta área da saúde estes últimos 5 anos da minha vida. Tenho família que sofre de diabetes e por isso comecei a pesquisar métodos e dicas a seguir para os evitar e/ou manter controlados, durante essas pesquisas aprendi muita coisa útil que foram úteis a diabéticos de todos os tipos, e o meu objetivo com o www.controlarosdiabetes.com é passar-vos todas essas dicas.


Comentários

Siga-nos
Publicidade
Obrigado pela sua visita! Gostou de ler os artigos?
Insira o seu endereço de email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!
O seu email está seguro, nunca enviamos SPAM.